SUELY ROLNIK

Além de psicanalista, é crítica de arte e cultura, curadora, professora titular da PUC-SP e, desde 2007, docente convidada do Programa de Estudios Independientes do Museu de Arte Contemporáneo de Barcelona. Entre 1970 e 1979 viveu exilada em Paris, onde graduou-se em Filosofia e Ciências Sociais na Université de Paris VIII; e fez graduação, mestrado e DESS em Ciências Humanas Clínicas na Université de Paris VII. Possui doutorado em Psicologia Social (PUC-SP, 1987). É autora, entre outros, de Manifeste Anthropophage / Anthropophagie Zombie (2012), Archivmanie (2011), Cartografia Sentimental: Transformações contemporâneas do desejo (2006 e 2011) e, em colaboração com Félix Guattari, de Micropolítica: Cartografias do desejo (Vozes, 1986), que já foi publicado em sete países. É criadora de Arquivo para uma obra-acontecimento, projeto de pesquisa e ativação da memória corporal das proposições artísticas de Lygia Clark e seu contexto, para o qual realizou 65 entrevistas filmadas no Brasil, na França, na Inglaterra e nos EUA.
CURRÍCULO LATTES